Anitta é cobrada em show sobre Bolsonaro e desabafa

Anitta é cobrada em show sobre Bolsonaro e desabafa

Anitta, Bolsonaro 0

As eleições ainda perseguem Anitta. A cantora foi cobrada em show, nesta sexta-feira, 21, por seu público, para que carregasse a bandeira do movimento #EleNão e aderisse à hashtag.

As eleições ainda perseguem Anitta. A cantora foi cobrada em show, nesta sexta-feira, 21, por seu público, para que carregasse a bandeira do movimento #EleNão e aderisse à hashtag.

“Assim como vocês, eu sou humana e tenho momentos difíceis na minha vida. E nem sempre a gente está preparado. O posicionamento não significa uma hashtag. O posicionamento significa toda uma vida que a gente trabalha e a gente faz. As nossas atitudes falam muito mais do que qualquer coisa que a gente possa dizer, postar”, disse.

Anitta já tinha deixado claro que não apoia o candidato Jair Bolsonaro. Ao falar sobre o uso de sua imagem em campanhas de políticos, ela afirmou que não vota em candidatos “machistas” e “homofóbicos”.

Em um vídeo publicado em sua conta no Instagram, a funkeira repudiou que postulantes a cargos públicos, independentemente da legenda e ideologia, utilizem seu nome para angariar votos sem seu consentimento ou autorização.

“Eu vim aqui mais uma vez para falar sobre eleições. Estão usando meu nome para travar campanhas e discursos políticos do qual eu não faço parte. Ontem eu me pronunciei pelas redes sociais dizendo claramente quem sou eu e no que eu acredito”, iniciou a cantora.

“Eu disse que não voto em candidato machista, homofóbico, racista e por aí vai. A gente vive numa democracia, eu respeito a escolha de voto de todo mundo, mas eu não vou participar de jogo político e não quero ter minha imagem atrelada a isso. Por isso eu dispenso qualquer mensagem de apoio a candidatos ou afiliados aqui no meu pronunciamento”, concluiu a artista.

Instagram post by anitta 🎤 * Sep 20, 2018 at 6:36pm UTC

661.7k Likes, 48.6k Comments – anitta 🎤 (@anitta) on Instagram

A manifestação de Anitta foi dado horas depois de Flávio Bolsonaro, filho do presidenciável Jair Bolsonaro, usar o nome da cantora em um vídeo como forma de promoção da candidatura do deputado.

“Há uma perseguição covarde a artistas que se posicionam publicamente a favor de Bolsonaro”, disse Flávio, que também é político e concorre ao senado pelo Rio de Janeiro.


Fonte: Catraca Livre

Comentários

* Seu e-mail não será divulgado
  •  

    Nenhum comentario até o momento