Funk acusado de fazer apologia ao estupro será retirado das plataformas de streaming

Funk acusado de fazer apologia ao estupro será retirado das plataformas de streaming

só surubinha de leve, mc diguinho 0

Funk acusado de fazer apologia ao estupro será retirado das plataformas de streaming: 'Só surubinha de leve' foi denunciada por internautas devido ao conteúdo ofensivo

O funk "Só surubinha de leve" será retirado do Spotify e já não é encontrado nas demais plataformas de streaming após internautas denunciarem a canção do MC Diguinho por apologia ao estupro. A música que chegou a liderar a lista das mais virais do Spotify brasileiro virou alvo de críticas por conta da letra que sugere "tacar" bebida em mulheres, transar e abandoná-las na rua.

"Taca a bebida/ depois taca a pica/ e abandona na rua", repete o refrão do funk, que traz ainda o crédito do DJ Selminho.

Em nota, o Spotify disse que a distribuidora da música foi informada dos pedidos para que o funk fosse retirado.

"Informamos que contatamos a distribuidora da música 'Só surubinha de leve' a respeito do ocorrido e fomos informados que a faixa será retirada da plataforma nas próximas horas, uma vez que o tema foi trazido à nossa atenção", disse a plataforma.

O Spotify explicou que "Só surubinha de leve" está atualmente no Top Viral no Brasil devido ao grande número de reproduções nos últimos dias. Por lá, a música tinha sido reproduzida mais de 1,2 milhão de vezes.

Apesar de ser retirada dos serviços de streaming, o YouTube progama lançar na noite desta quarta-feira o clipe da música de MC Diguinho.

A polêmica em torno da música cresceu nos últimos dias nas redes sociais. Internautas moveram uma campanha para que a canção fosse retirada dos serviços de streaming por conta do conteúdo ofensivo. Versões como resposta ao funk de MC Diguinho foram divulgados nas redes.

Comentários

* Seu e-mail não será divulgado
  •  

    Nenhum comentario até o momento