'Catra é um caso que o Brasil deveria amadurecer para estudar', diz Caetano Veloso.

Cantor baiano homenageou o amigo em seu perfil no Facebook. Confira as homenagens.

Mr Catra

Imagem da notícia 3

Caetano Veloso e Mr. Catra dividiram o palco em 2016, no programa 'Bagulho louco', comandado pelo funkeiro no canal Multishow. Foto: Multishow/Reprodução

Diversos famosos e artistas usaram as redes sociais para lamentar a morte Mr. Catra, que faleceu neste domingo vítima de um câncer gástrico. Entre as publicações, chamou atenção a de Caetano Veloso. Segundo o compositor baiano, Catra entrou em seu radar durante uma exibição do filme Orfeu (Cácá Diegues, 1999) em Vigário Geral, comunidade da Zona Norte do Rio de Janeiro, onde o funkeiro vivia e, àquela altura, já reunia muitos fãs. "Quando eu fui anunciado (no palco), um número simpático de moradores se aproximou e pude ver algumas caras atentas entre os que me ouviam. 

Mas a multidão se multiplicou e delirava ao grito do nome de Mr. Catra. Muita gente vinha dos barracos, gente que nem tinha se abalado para vir ver o filme", descreve Veloso. "Ele representava coisas essenciais do ethos das periferias urbanas brasileiras. E era um cara alto astral, que sabia gostar de viver", finalizou. A funkeira Valesca Popozuda se emocionou com a notícia e chorou ao falar dele no Instagram: "Pensa em um cara incrível".

Tati Quebra-Barraco também fez um post emocionado: "Por que você me deixou irmão?", perguntou no Twitter. "Você fez muito pelo funk, era funkeiro com orgulho, estará pra sempre em nossos corações", escreveu MC Fioti. "Hoje nosso paizão partiu para os braços do nosso senhor Jesus... Eu tenho muito a agradecer da grande oportunidade de ter começado minha carreira ao lado desse grande cara!", publicou MC Gui.


Confira as publicações:



receba toda semana os lançamentos e as novidades do Mundo do Funk diretamente no seu e-mail

by TinyLetter

Comentários

Deixe a sua opnião