Funk
DJ Gá BHG - Venha fazer sua produção
Nego Blue

Após críticas, Jojo Todynho explica que clipe pela causa LGBT é um pedido de tolerância

Jojo Todynho lançou o clipe "Arrasou, viado" e dividiu a opinião da comunidade LGBT. A funkeira ganhou elogios por ter convidado integrantes da ONG "Mães pela Diversidade" mas, assim como aconteceu com Nego do Borel, também vem recebendo críticas por supostamente se utilizar do "pink money". A expressão se refere ao lucro obtido por quem se aproveita da causa da diversidade sem estar inserido nela.

Segundo Jojo Todynho, o objetivo do lançamento é o oposto ao mencionado nas críticas:

— A mensagem que quero passar é de de amor ao próximo e de tolerância! Todo mundo sabe do meu carinho e respeito pelo movimento LGBT. E nada mais justo do que falar sobre isso em forma de canção.

Participaram da gravação celebridades gays e trans como David Brazil, Léo Áquila, Thammy Miranda, além de famosos como Narcisa Tamborindeguy e Rita Cadillac. As duas últimas são amigas da cantora. Entre os anônimos, a presença da ONG formada por parentes de pessoas da comunidade LGBT que acolhem quem sofre preconceito foi estabelecida como prioridade pela artista:

— Já conhecia a ONG e sabia sobre o importante trabalho que elas fazem. Não teríamos como falar da causa, fazer nada em apoio ao orgulho LGBT sem ter essas mães conosco no clipe.

"Arrasou viado" foi gravado em junho na boate The Week, em São Paulo. O vídeo da canção escrita por Anitta e pelo DJ Batata já alcançou mais de 2,9 milhões de visualizações.

Fonte: O Globo

2 meses atrás   Tags : Jojo Todynho

Comentários

Capa Funk Music
Carregando ...